Dieta financeira11/12/2014 | 11h55

11 dicas de economia para a jovem moderna

Está endividada? Parar de pedir tantos drinks ou de sair com amigos esbanjadores pode ajudar

11 dicas de economia para a jovem moderna Ver Descrição/Ver Descrição
Você não precisa de todos esses sapatos. Acredite. Foto: Ver Descrição / Ver Descrição

Há cerca de seis meses, a americana Chelsea Fagan percebeu que, simplesmente, não era muito boa com dinheiro. Não apenas por ter começado sua vida financeira ao estourar, com 18 anos de idade, seu primeiro cartão de crédito, mas também por, anos depois disso, continuar uma constante de compras por impulso, sem saber para onde ia seu dinheiro.

A jovem, que criou um blog sobre finanças oportunamente chamado The Financial Diet, é apenas mais uma entre tantas que têm a sensação de que vão chegar aos 30 sem um pila na poupança.

À NY Mag, ela resumiu 11 coisas das quais desistiu para se tornar uma pessoa "boa com dinheiro".

1. A tacinha de vinho com o jantar
"Por alguma razão, eu costumava acreditar que 'ser uma adulta capaz de pedir uma bebida alcoólica com o jantar' significava 'ser uma adulta OBRIGADA a pedir uma bebida alcoólica com o jantar'", escreve Chelsea. Deixe o vinhozinho para quando você realmente estiver com vontade ou para comemorações com a família e amigos.

2. Os blogs de moda
Largue de mão o Garotas Estúpidas, a Lalá Noleto, o Sartorialist e blogs de moda em geral. Sua renda disponível não é infinita, e, mais importante, a sua vida NÃO VAI FICAR MELHOR se você comprar aquela bolsa Speedy da Louis Vuitton que custa mais ou menos seis meses de salário. Se você gosta mesmo de blogs, procure o pessoal mais realista, que faz a linha "uso roupa de liquidação e sou um ser humano normal, que tem defeitos".

3. Uber/Easy Taxi
Apague os aplicativos. Pegue um ônibus, o trem, alugue uma bicicleta, use suas pernas. O modo "pague com o aplicativo" não deixa você ver o dinheiro que está gastando. E, quando você vê....

4. Maquiagem cara
É claro que quem tem pele sensível não vai encontrar tudo o que precisa nos estandes de farmácia e lojões de manicure. Mas há coisas que não precisam ser caras. Rímel é rímel quase sempre. O mesmo vale para lip balms, a maior parte das sombras, esmaltes, lápis de olho e pó compacto.

5. Assinaturas de revistas que você não lê, serviços que você não usa
Passe o pente fino no seu extrato bancário. Você provavelmente vai encontrar coisas que nem lembra que anda pagando.

6. Roupas de fast fashion (exceto básicas)
Chelsea diz que "ao revisar seu guarda-roupas e remover tudo o que não era versátil, estiloso ou que ela não vestia há mais de um ano", percebeu que 90% do que ela jogou fora era de redes de fast fashion. Em vez de comprar 15 vestidos baratinhos, compre uma ou duas peças de qualidade. Antes, faça pesquisa e prove roupas em diferentes lojas. Moral da história: evite as fast fashions para comprar qualquer coisa que não básicas.

7. Número de cartão de crédito memorizado
Só o tempo de sair da cama e ir catar o cartão de crédito é suficiente de fazer você reconsiderar (e, muitas vezes, decidir que você não precisa) a maioria das compras.

8. Geladeira vazia
"Adoro cozinhar, mas também amo ser preguiçosa. Frequentemente, eu encontrava a geladeira quase vazia... a justificativa perfeita para pedir tele-entrega". Com uma ida semanal ao supermercado, você pode encher aquela geladeira com comida deliciosa, que incentiva você a cozinhar e, consequentemente, faz você se sentir uma fracassada por pedir tele-entrega.

9. Tratamentos de beleza desnecessários
Manicure de vez em quando é bom. Mas precisa de unhas de gel com desenhos que custam, sei lá, R$ 40? Fazer as suas próprias unhas é fácil e quase de graça (e mais: quando você ficar realmente boa nisso, vai parecer igual a uma manicure de salão). Sim, é legal contar sua vida para a manicure e se sentir mimada, mas é isso que deve ser: um mimo, não um compromisso semanal.

10. Café gourmet
Provavelmente, a não ser que você seja barista ou especialista no assunto, o cafezinho que você passa em casa é tão bom quanto aquele passado com grãos especiais da Malásia na prensa francesa ou seja lá o que for.

11. Amigos que são contagiosamente terríveis lidando com dinheiro
O cara pode ter mais dinheiro que você, pode estar afundado em dívidas, mas não quer dizer que você tenha que gastar como eles. Se você deixar seus amigos imporem seu modo de vida financeiro a você, você precisa parar de sair com eles, ou pelo menos sair com eles sem gastar muito.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO PRA GENTE ;)

 
clicRBS
Nova busca - outros