Muito além do PPT17/04/2014 | 15h50

Cursos ensinam a sair da zona de conforto do PowerPoint

Apresentações não precisam (e nem devem) ser chatas e sem graça

Cursos ensinam a sair da zona de conforto do PowerPoint Reprodução/Shutterstock
Foto: Reprodução / Shutterstock
Renuska Celidonio

digital@kzuka.com.br

Quem nunca recebeu um e-mail de algum tio com um PowerPoint em anexo? Poxa, tio, outro PowerPoint? Outra mensagem de autoajuda? Mais slides motivacionais?

Às vezes, você nem abre. Só exclui sem ver do que se trata. Mas a verdade é que o PPT não serve só para encher a caixa de entrada. E, no fundo, todo mundo alguma vez na vida já teve (ou terá) que montar alguma apresentação nesse formato.

>> Dicas para arrasar nas apresentações em PPT

Trabalhando de uma forma diferente, com um conteúdo elaborado corretamente, dá pra mandar bem na hora de apresentar um trabalho na aula, um projeto para o chefe ou até, quem sabe, surpreender durante uma palestra sobre um assunto que você domine.

A apresentação em slides é tão importante que até existem cursos focados em criar produções diferenciadas e impactantes. Dudu Friedrich, 28 anos, é sócio-diretor da Cosmonauta, um escritório de design de Porto Alegre, focado em apresentações. Como a demanda começou a ficar grande, a empresa decidiu abrir um “braço” educacional oferecendo cursos na área. Um deles, o Hubble, é um encontro de três horas que foca exatamente na ideia de acabar com o PPT padrão de fundo branco.

- A comunicação evoluiu em todos os formatos, menos na apresentação. E ninguém vai assistir a uma para ficar lendo slide. Tudo que é diferente se destaca. Se você sair do padrão, ficará na memória - defende Friedrich, que já ministrou cursos em Porto Alegre, Florianópolis, São Paulo e ainda pretende passar por Recife, Manaus, Belo Horizonte e Rio de Janeiro até o fim do ano.

Morte ao PPT padrão – Pokémon Battle from Cosmonauta on Vimeo.

Outro lugar que oferece ajuda para quem quer fazer apresentações impactantes para
qualquer plataforma é a Perestroika, também da Capital. O curso Chora PPT, como o
nome já sugere, foge do lugar comum, dando a chance para o aluno aprender em quatro
aulas como colocar na tela a ideia que quer passar sem fazer a plateia dormir.

Para o professor Marcelo Quinan, responsável pelas aulas, a apresentação deve
contar uma história que esteja na fala da pessoa e não apenas na tela.

- O slide é um guia para a história. O que eu mais vejo é muita pessoa escrevendo, improvisando e que só lê aquilo que está na tela. A coisa mais importante é saber o que quer dizer com aquilo que está apresentando - diz o professor Quinan.

Tanto Friedrich quanto ele são claros na hora de contar quem é o público alvo dos
cursos: todo mundo. Estudantes de colégio, universitários, profissionais do mercado e
até professores procuram alternativas desse tipo.

- A maioria dos profissionais, em algum momento da vida, terá que apresentar algo - alerta Friedrich.

O professor universitário e consultor Gustavo Guanabara já está acostumado a
ministrar a palestra Apresentações Matadoras em empresas e eventos em diversas partes do país. Neste ano, o carioca fez parte da extensa lista de palestrantes da Campus Party Brasil, que ocorreu em janeiro, em São Paulo. Durante o bate-papo, deu a dica de ouro aos presentes:

- Apresentações precisam ser inesquecíveis, não chatas! - ensinou.

Notícias Relacionadas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO PRA GENTE ;)

 

Mais lidas

clicRBS
Nova busca - outros