03/04/2013 | 18h16

Do túnel do tempo: o que bombava na internet em 2003

Fomos atrás de cinco memes de 10 anos atrás. Alguns resistiram e até hoje circulam pela internet

Do túnel do tempo: o que bombava na internet em 2003 Reprodução/YouTube/
Foto: Reprodução/YouTube

Quem usava a internet há 10 anos deve se lembrar de alguns virais que tomaram conta da web naquela época. Em 2003, surgiram alguns memes que até hoje são vistos por aí, e outros, que duraram pouco. Sendo assim, com a ajuda do site Know Your Meme, uma enciclopédia de memes, fomos atrás de cinco coisas que bombavam na internet em 2003. Já deu pra ouvir o barulhinho do modem discando?

O RLY?

A expressão de Oh Really? encurtada foi usada pela primeira vez no fórum Something Awful, porém, o meme se espalhou pelo mundo vinculado à imagem de uma corujinha. O RLY? é usado até hoje, e é especialmente visto no 9gag para ironizar posts ou conteúdos óbvios

 



Myspace Angles

O site Know Your Meme classificou com esse nome, o ato de tirar fotos de si mesmo, as famosas selfies, segurando a câmera bem acima do rosto. Esse ângulo de tirar foto era famoso no MySpace e hoje, continua bombando, especialmente, no Instagram.

 



Spong Monkeys

Esses macacos com olhos esbugalhados que cantam, foram criados e animados por um americano. Os Spong Monkeys bombaram principalmente nos Estados Unidos. O sucesso foi tanto, que a marca de sanduíches Quizno's usou a animação em um comercial. Há uma década, as marcas já estavam se apropriavam dos virais da internet.



Fail 

Foi em 2003, que a cultura do Fail foi incoporada na internet. O termo começou a ser usado em fotos de situações desastrosas ou idiotas e vídeos. Quem nunca compartilhou um vídeo de compilações de fail?

 

 

 

 

 

Finger Stache

Em 2012, o moustache bombou. Era bigode por tudo. Pois então, uma das manias envolvendo pelos no rosto começou 10 anos atrás. A prática de desenhar um bigode no dedo indicador e tirar fotos com o finger stache sobre a boca foi criada em 2003, por um tatuador americano. Desde então, quem não queria um bigode no dedo para sempre, começou a desenhar com canetinha, posar pra foto e postar a imagem na web (provavelmente no Myspace, a rede que bombava na época). Hoje, empresas fazem até adesivos com formatos diferentes de bigodes para colar nos dedos.

 

 

DEIXE O SEU COMENTÁRIO PRA GENTE ;)

 

Mais lidas

Mais sobre

clicRBS
Nova busca - outros